Top Ad unit 728 × 90

O verdadeiro significado do filme I AM MOTHER da Netflix (Explicação Final Explicado | Analise)

I Am Mother é o mais novo filme original de ficção científica da Netflix, e se você acabou de assistir ao filme I Am Mother e ficou com algumas dúvidas sobre seu verdadeiro significado, ou sobre o que aconteceu no final.

Este vídeo certamente vai explicar tudo o que você precisa saber!

Confira o final explicado de I Am Mother:



  

Você pode conferir este conteúdo em vídeo, com todas as cenas e obter um melhor entendimento.

Final explicado de I Am Mother em Texto:

O começo do filme nos deixa um pouco desorientados, sem saber ao certo se eles estão em um outro planeta, ou em uma nave espacial.

Tudo é que sabemos é eles estão em uma estação da UNU que se chama numa livre tradução: facilidade de reprodução, e que hospeda 63 milhões de embriões humanos.




E a primeira dúvida que o filme nos deixa é:

Porque ela cria apenas um embrião humano enquanto ela tem milhares deles esperando para nascer?









A justificativa que a robô da á sua filha é que mães precisam de tempo para aprender a criar uma boa criança.

Mas a verdadeira razão é um tanto sinistra, e você poderá descobrir o real motivo um pouco antes da grande revelação do final.

Lembra que logo no primeiro dia depois da extinção, a mãe escolhe seu primeiro filho?

Depois disso você pode notar que o filme avança 13.867 dias, e a história segue, mas 13.867 dias são mais de 37 anos, e a garota parece estar na faixa de uns 18 anos.

Então fica a questão do que aconteceu nestes 19 anos que sobraram?

Como descobrimos depois, a mãe teve pelo menos 2 outros filhos antes dela.

Que são os filhos APX01, e APX02:



A filha que acompanhamos no filme é o embrião APX03, como podemos ver em algumas cenas.

A filha descobre que a ApX02 estava com apenas 7 anos quando sua taxa de falha alcançou 74%, e a mãe descartou ela colocando seu corpo no incinerador.



















Isso fica evidente quando a filha encontra os dentes da APX02 dentro da fornalha.



E se voltarmos ao inicio do filme veremos que o embrião que vemos na encubadora não é a filha, e sim na verdade o APX01, cerca de 19 anos antes da filha nascer.



O inicio do filme é editado de forma a nos fazer acreditar que todos os bebês se tratam da mesma pessoa.

Então podemos concluir que os testes realizados pela mãe são uma forma de identificar se o humano está dentro dos padrões, ou se o processo precisa ser reiniciado.

O programa tem como objetivo criar um humano mais inteligente, ético e perfeito possível, como um plano para recriar a velha humanidade.

E esse projeto começa a ser realizado no mesmo dia da extinção, pois você poderá notar que um pouco antes de colocar o embrião na máquina, podemos ouvir uma explosão que parece ser uma bomba.

Mas o filme não nos trás muitas informações sobre o que realmente aconteceu, se as bombas acionadas por robôs com inteligência artificial, entendendo que precisariam renovar a humanidade, segundo dados coletados através de pesquisas.



Ou se havia alguma guerra eminente, tendo uma organização se preparado para o pior.

Sabemos que em muitos lugares do mundo existem locais onde se armazenam sementes de quase todas as plantas existentes, para evitar a extinção, será que este local teria a mesma serventia, só que para conservar os humanos e suas varias etnias?



Um bom palpite deixado por informações da mulher que aparece no filme, seria que houve uma guerra entre humanos e robôs, envolvendo armas químicas e nucleares, visto que ela conta que nada crescia por anos e o ar era difícil de respirar.



E isso haveria mudado seis meses antes, quando navios de robôs saíram do nada, e começaram a cultivar milho nos campos.



O que nos faz entender que a filha passou em todos os testes, e os robôs estavam preparando a terra para a nova humanidade.

Enquanto alguns robôs caçam os humanos remanescentes para dar lugar a nova linhagem superior.

No final do filme somos surpreendidos com a informação de que a Mãe compartilha sua consciência com os demais robôs.

Sendo assim, no momento que ela atestou que sua filha era a pessoa certa para povoar o mundo, ela mandou que os campos fossem criados.



E por isso, que mesmo após se auto destruir, um robô com a mesma voz (No áudio original) e consciência da Mãe visita a mulher no seu esconderijo, eis que ela conta algo muito interessante para a mulher:

"Você se lembra da sua mãe? Curioso, não é? Que tenha sobrevivido por tanto tempo e os outros não, como se alguém tivesse um propósito pra você...Até agora"

Com este dialogo fica claro que a mulher tinha um propósito nos planos da robô.

Uma outra interpretação seria que essa mulher seria a APX01, já que ela não foi encontrada, e a mulher parece ter uns 37 anos.



Algo que reforça isso é afirmação de que ela não se lembra da própria mãe.

Sendo assim, o propósito da APX01 seria apresentar a sua filha uma outra realidade, a violência, e mentira da velha humanidade, sendo essa a última prova que a garota precisava passar.

Posso estar indo muito longe, mas aparentemente a APX01, recebeu uma criação baseada na religião, e de alguma forma os rostos que ela desenhava e tudo mais, poderia ser apenas baseado em coisas que ela viu em livros, e as minas nunca existiram, ela viveu sempre sozinha.



A robô colocou algo na bolsa da mulher, que parece ser uma espécie de rastreador, e com isso encontrou ela rapidamente após ter aprovado sua filha, e logo se livrou da APX01, pois já havia cumprido seu propósito.

Sendo que no fim do filme, a garota vai até a sala dos embriões para dar vida a seus irmão e repovoar a terra, se tornando a nova mãe.



Fazendo que o titulo do filme não seja se referindo a robô, e sim a própria garota.

Existe também uma metáfora no filme que é a da mãe de Jesus!

A mulher tem um rosário, e varias imagens e desenhos da virgem maria.



E a metáfora está em Maria dar a luz a Jesus sem relações sexuais, e Jesus renovaria o mundo.

De certa forma, a filha também nasceu de uma gestação sem relações, naquelas esferas estranhas, que simulam o útero. E seu objetivo também é renovar o mundo.



Podemos concluir que o objetivo da robô não era ser a mãe, mas sim criar uma mãe para os novos humanos.

E por isso ela tentou três garotas até encontrar a candidata perfeita.

Mesmo assim, a consciência da mãe continuará existindo, e se algo der errado no processo, provavelmente ela voltara e reiniciará a humanidade novamente.

A Netflix vem tentando emplacar uma ficção cientifica já faz algum tempo, particularmente eu gostei deste filme.

Mas, eu gostaria de saber sua opinião, e se tiver algum filme que gostaria de ver este tipo de analise, deixo nos comentários.

O verdadeiro significado do filme I AM MOTHER da Netflix (Explicação Final Explicado | Analise) Reviewed by Ranieri Quadros on junho 11, 2019 Rating: 5

Um comentário:

  1. Quando assisti o filme confesso que não havia gostado por que não tinha entendido muito bem, mass a sua explicação dos mínimos detalhes me fez ver o filme de outra forma, agora que entendi... Gostei bastante.

    ResponderExcluir

Todos os direitos resorvados: Hora da Pausa
Horadapausa.com.br

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.